Câmara Espanhola apresenta vencedores do 8º Prêmio de Sustentabilidade

Posted on

A Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil anunciou dia 9 de maio, durante evento no Rio de Janeiro, no Museu do Amanhã, os vencedores da 8ª edição do Prêmio de Sustentabilidade 2022. A premiação teve a presença de Tony Chalita, secretário de Governo e Integridade Pública, Fernando Garcia, embaixador da Espanha no Brasil, Angeles Cano, médica colaboradora da OMS, e Marcos Madureira, Presidente da Câmara Espanhola. O evento premiou seis projetos que se destacaram por seus resultados e seu desempenho em alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela ONU, como saúde e bem-estar, por exemplo.

“Nessa noite tivemos o prazer de celebrar projetos que tiveram impactos positivos na sociedade. É importante prestigiar essas empresas que criaram projetos tão promissores, pois são iniciativas que podem servir de inspiração. Desta forma, podemos caminhar para transformar a sociedade como um todo e não apenas o ambiente corporativo”, afirma Marcos Madureira, presidente da Câmara Espanhola de Comércio no Brasil.

Entre as grandes empresas temos como destaque: Marfrig Global Food, vencedora da categoria Sociedade & Meio Ambiente; Acciona, vencedora em Inclusão & Diversidade; e Arteris S.A., em Inovação.

Já na categoria de incentivos às PMEs, as premiadas foram EMDOC, em Inclusão & Diversidade, e Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME), em Inovação

 

Vencedores grandes empresas

CATEGORIA SOCIEDADE & MEIO AMBIENTE

Empresa: Marfrig Global Food

Projeto: Programa Marfrig Verde

Lançado em julho de 2020, o Programa tem como objetivo garantir que 100% da cadeia de produção da empresa seja sustentável, rastreada e livre de desmatamento até 2030. Criado em parceria com a instituição público-privada holandesa IDH (Iniciativa para o Comércio Sustentável), prevê um investimento de R$ 500 milhões ao longo de sua execução. O Marfrig Verde+ foi elaborado sob o princípio do estreitamento da conexão da companhia com os produtores. Ele aplica a abordagem produção – conservação – inclusão e está baseado em três pilares: desenvolvimento de mecanismos financeiros inovadores, assistência técnica e tecnologias de monitoramento e rastreabilidade. Por meio do Marfrig Verde+, também foram estabelecidas ações concretas divididas em três eixos: fornecedores diretos, fornecedores indiretos e abordagem setorial.

CATEGORIA INCLUSÃO & DIVERSIDADE

Empresa: Acciona

Projeto: Estação Sustentar

Estação Sustentar é um programa da ACCIONA e Linha Uni, responsáveis pela Linha 6-Laranja do metrô de SP, que visa impactar positivamente a sociedade por meio de, entre outros pilares, formação profissional e empoderamento de mulheres. Estes pilares buscam promover formação profissional a residentes de comunidades de São Paulo com IDH abaixo da média municipal, contribuindo com a empregabilidade, e aumentar a participação de mulheres na construção civil, já que, segundo dados do CBIC, em 2019 a média nacional era de 9,9%. No 2º semestre de 2021, quando o projeto foi iniciado, 67 pessoas foram impactadas pelo programa de formação profissional, somando 7.904h em treinamentos. As primeiras turmas, ministradas em instituições como o Senai, foram de padeiros, soldadores ao arco elétrico, construtores de alvenaria, sinaleiros amarradores, eletricistas instaladores, auxiliares mecânicos de manutenção e operadores de ponte rolante. Poucos meses após o início do projeto, em dezembro de 2021, já havia 257 mulheres contratadas nas obras da Linha 6-Laranja, 10,24% do efetivo, das quais 35 encontraram novas profissões através da formação fornecida pelo projeto.

CATEGORIA INOVAÇÃO

Empresa: Arteris S.A

Projeto: Inovação na manutenção da rodovia Fernão Dias utilizando pavimento reciclado – RAP (Reclaimed Asphalt Pavement)

A Arteris Fernão Dias, concessionária que administra a BR-381 entre Contagem e Guarulhos, concluiu, em outubro de 2021, projeto de manutenção de 3,8 km de faixa utilizando asfalto reciclado, sendo a maior parte em São Sebastião da Bela Vista. A reciclagem de pavimentos asfálticos consiste na reutilização de materiais do próprio pavimento para construção de uma nova estrutura, reutilizando os agregados e os ligantes remanescentes. A solução desenvolvida utiliza 76% de asfalto reciclado (Reclaimed Asphalt Pavement – RAP), obtido por meio da fresagem de pavimento, 23% de pó de pedra, 1% de cimento e emulsão asfáltica. Todo o processo de usinagem é feito por meio de uma usina própria móvel, que pode ser deslocada ao longo dos trechos, trazendo ganhos significativos na eficiência operacional. Os benefícios são a redução na geração de resíduos, no consumo de materiais novos, na emissão de CO2, e aumento da segurança, devido ao menor tempo de exposição dos colaboradores e usuários no trecho em obras, já que a recuperação com RAP pode ser realizada sete vezes mais rápido do que o convencional. O asfalto reciclado ainda possui desempenho e vida útil iguais ao de um pavimento reconstruído convencionalmente.

Vencedores PMEs

CATEGORIA INCLUSÃO & DIVERSIDADE

Empresa: EMDOC

Projeto: PARR – Programa de Apoio para a Recolocação dos Refugiados

O PARR foi criado em 2011 pela EMDOC com o apoio institucional do ACNUR. A atuação se dá no âmbito da capital e da região metropolitana de São Paulo, tendo se expandido para o interior paulista em 2020. O principal objetivo é auxiliar na integração de pessoas em situação de refúgio na sociedade brasileira por meio do acesso ao mercado formal de trabalho, geração de renda e autossuficiência econômica, além de promover o protagonismo do público-alvo. O programa atua na sensibilização do setor privado, realizada por meio de palestras, reuniões, workshops; no atendimento e cadastro de profissionais em um banco de dados; no cadastro de empresas que possuam oferta de vagas e/ou iniciativas de inclusão; e na realização e apoio a projetos de capacitação. O PARR apresenta um processo personalizado de seleção de candidatos, possibilitando encaminhamentos para oportunidades com perfil similar e observando área de formação, experiências profissionais e capacidades psicossociais dos profissionais. Isso gera benefícios tanto para a população de interesse como para as comunidades locais, uma vez que se entende como um profissional bem recolocado pode estimular a cadeia produtiva.

 

CATEGORIA INOVAÇÃO

Empresa: Amigos Múltiplos pela Esclerose – AME

Projeto: A Regra é Clara

A Regra é Clara é um projeto suprapatológico que visa fiscalizar e questionar atuais políticas públicas em saúde e propor novas incorporações nesse âmbito. Iniciamos esse projeto em 2020, com a ação Transparência é Regra, cobrando que as reuniões online da Conitec fossem transmitidas ao vivo, e seguimos com o questionamento sobre o atraso na disponibilização de tecnologias que já passaram do período de 180 dias previstos em lei e que ainda não estão efetivamente sendo distribuídos à população. Através do A Regra é Clara já realizamos, além da confecção do Monitor dos 180 dias que visa controlar o fluxo de tecnologias incorporadas a Conitec e sua disponibilidade para a população, e mais: consultas públicas; cinco projetos de lei; três pedidos de Lei de Acesso à Informação protocolados; três processos judiciais e administrativos; dois webinars. Com esse projeto visamos melhorar o acesso à saúde no Brasil.

Confira as fotos do evento!

Warning: Uninitialized string offset 0 in /www/wwwroot/www.camaraespanhola.org.br/wp-includes/class-wp-query.php on line 3714