Exportação de café poderá atingir o recorde de 40 milhões de sacas nesta safra

Fonte: Folha de S. Paulo Posted on

O Brasil poderá exportar o recorde de 40 milhões de sacas de café nesta safra —de julho de 2018 a junho de 2019. A estimativa é de Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil).

Os números registrados pelo setor até agora indicam esse cenário. Em fevereiro, as vendas externas totais do produto atingiram 3,4 milhões de sacas, somando 6,9 milhões nos dois primeiros meses de 2019.

Considerando os últimos 12 meses, as exportações chegaram a 37,3 milhões de sacas, com receitas de US$ 5,2 bilhões, segundo o conselho dos exportadores.

Um dos pontos negativos para o setor são os preços. As exportações brasileiras do mês passado ocorreram com valores 19% inferiores aos de fevereiro de 2018.

Mesmo assim, devido ao aumento de 36% no volume colocado no exterior no mês passado, as receitas totais subiram 11% no período.

Uma das saídas tem sido as vendas de cafés diferenciados. O volume colocado no exterior no primeiro bimestre foi de 1,3 milhão de sacas, 36% mais do que em igual período de 2018.

Esse tipo de café de melhor qualidade foi colocado no mercado externo a US$ 169 por saca, em média, acima dos US$ 121,5 do café verde normal.

Leia a matéria na integra

Talvez você gostaria de ler também

\

Agronegócio tenta manter subsídio em conta de luz

O agronegócio também se movimenta para reverter o fim do subsídio de R$ 3,4 bilhões ao ano dado ao setor em descontos nas contas de luz. O fim do benefício, cujo impacto é rateado nas contas de eletricidade de todos os consumidores do País, foi um dos últimos atos do governo passado. Mas o setor[…]

Saiba mais